O tratamento da infertilidade

Frequentemente, perguntam no consultório se todo acupunturista pode tratar a infertilidade com a mesma eficácia. Ou seja, fazer a acupuntura com qualquer profissional para aumentar a fertilidade é sempre igual?

 

Existem muitos acupunturistas que atendem algumas pacientes com o diagnóstico de infertilidade e que desenvolvem, ao longo dos anos, uma experiência maior no tratamento com a medicina chinesa nestes casos.

 

Porém, de modo geral, a maioria dos acupunturistas, principalmente aqueles sem formação em ginecologia, não sabe nem mesmo diferenciar a inseminação uterina da fertilização in vitro.

 

O tratamento da infertilidade pela medicina convencional é um tratamento muito específico que, mesmo os ginecologistas gerais desconhecem todo o procedimento.

 

Não é incomum receber pacientes que já estavam sendo acompanhadas por colegas acupunturistas há muito tempo, fazendo sessões para melhorar a fertilidade, porém sem nem sequer ter feito qualquer exame para investigação da infertilidade. 

 

De modo geral, recomenda-se sempre o tratamento em conjunto com uma clínica de reprodução humana, porque ao associar as 2 técnicas, atingem-se os melhores resultados.

 

O tratamento da infertilidade pela medicina tradicional chinesa e acupuntura se baseia em 3 pontos principais:

 

  • característica da menstruação: os dados sobre o fluxo, duração, tempo de intervalo, presença ou não de coágulos, coloração do sangue, dores ou sintomas associados de TPM (tensão pré menstrual) são importantes para se fazer um diagnóstico na medicina chinesa.​ Após o diagnóstico, escolhemos os melhores pontos para o tratamento.

 

  • período do ciclo menstrual: dependendo da fase do ciclo menstrual que envolve a menstruação, primeira fase (fase estrogênica), ovulação e segunda fase (fase lútea), escolhemos os melhores pontos para o tratamento.

 

  • cronograma de tratamento na clínica de reprodução humana: de acordo com o cronograma da clínica, adaptamos a acupuntura para complementar o uso das medicações. De modo geral, recomenda-se iniciar a acupuntura 1 ou 2 meses antes de iniciar o tratamento de inseminação ou fertilização in vitro.

No dia da transferência de embriões, preconiza-se a realização da acupuntura antes e imediatamente após o procedimento. Para aquelas pacientes que já estão em tratamento com a acupuntura durante o ciclo de reprodução assistida, pelos últimos estudos na literatura, poderíamos substituir as sessões do dia da transferência para um a dois dias antes do procedimento e outra sessão 2 ou 3 dias após.

 

Como podemos ver, o tratamento da infertilidade pela acupuntura depende da experiência do acupunturista no acompanhamento dos ciclos menstruais de suas pacientes e principalmente, do conhecimento das fases do tratamento da inseminação ou fertilização in vitro. Além disso, a maioria das medicações de estímulo ovariano, como o menopur, gonal e puregon podem diminuir a energia Yin do organismo. O acupunturista que trata a infertilidade deve conhecer o cronograma de tratamento da paciente e os efeitos que essas medicações podem provocar.

 

 

Entre em contato

Tel (11) 2613-7730

HIGIENÓPOLIS

Conheça a nossa clínica

 

 

Fale conosco

 

 

 

Tel (11) 2613 - 7730

 

email:

contato@eloclinicadesaude.com.br

 

 

atendimento:

segunda a sexta das 7:00 às 21:00

sábados das 7:00 às 12:00

Rua Mato Grosso 306 cj 910 e 911

Higienópolis / São Paulo - SP

Tel (11)  2613-7730 / 2307-0412 - 3151-2343​

Whatsapp (11) 94715-4335

© 2013 Agulhas da fertilidade. Todos os direitos reservados. Autorizado a publicação parcial do site desde que contenha a citação.

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon