A prospective randomized placebo-controlled study of the effect of acupuncture in infertile patients withe severe oligoasthenozoospermia.​

Dieterle S, Li C, Greb R, Bartzsch F, Hatzmann W, Huang D

 

 

Estudo realizado na Divisão de Endocrinologia Reprodutiva e Infertilidade do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Universidade de Witten.

Tratou-se de um estudo prospectivo, randomizado e placebo controlado com 57 homens com o diagnóstico de infertilidade, cujo espermograma mostrava uma concentração de espermatozóides menor do que 1 milhão espermatozóides/mL.  Vinte e oito pacientes foram tratados com a acupuntura  e 29 receberam acupuntura placebo.

Os pontos utilizados foram: 

Zusanli (ST36)

Sanyinjiao (SP6)

Taixi (KI3)

Taichong (LIV3)

Shenshu (BL23)

Ciliao (BL32)

Guilai (ST29)

Xuehai (SP10)

Guanyuan (VC4)

Os autores citaram estudos anteriores com o uso da acupuntura no tratamento da infertilidade masculina:

Zhang em 2002, mostrou que houve um aumento da porcentagem dos espermatozóides rápidos e daqueles com morfologia normal após acupuntura em 22 pacientes com infertilidade masculina idiopática e com história de insucesso em ICSI anteriores.

Sitermann em 1997, estudou 16 pacientes inférteis submetidos a acupuntura 2x por semana por 5 semanas. A porcentagem de espermatozóides viáveis, o total no ejaculado e a porcentagem dos morfologicamente normais aumentou significativamente após 1 mês de acupuntura comparado com o grupo controle. 

Outro estudo realizado por Sitermann em 2000 com 20 homens apresentando uma concentração de espermatozóides muito baixa e que foram submetidos a acupuntura 2x por semana por 5 semanas, mostrou uma melhora dos parâmetros no espermograma.

Gurfinkel em 2003 também estudou 19 pacientes com alterações na concentração, morfologia e motilidade no espermograma. Esses pacientes foram tratados com acupuntura e moxabustão por 10 semanas. A porcentagem de espermatozóides morfologicamente normais aumentou após o tratamento.

Pei em 2005 também encontrou uma melhora na morfologia dos espermatozóides após realização de acupuntura 2x por semana por 5 semanas em 28 homens com oligozoospermia, astenozoospermia e/ou teratozoospermia.

Neste presente estudo, houve um aumento na porcentagem total de espermatozóides móveis (p= 0.035), sem diferenciação entre as categorias A, B e C.

Os autores concluíram que a acupuntura pode melhorar os parâmetros do espermograma em homens com oligoastenozoospermia severa.

 

fonte: Fertility and Sterility 2009


 


 

 

 

 

Entre em contato

Tel (11) 2613-7730

HIGIENÓPOLIS

Conheça a nossa clínica

 

 

Fale conosco

 

 

 

Tel (11) 2613 - 7730

 

email:

contato@eloclinicadesaude.com.br

 

 

atendimento:

segunda a sexta das 7:00 às 21:00

sábados das 7:00 às 12:00

Rua Mato Grosso 306 cj 910 e 911

Higienópolis / São Paulo - SP

Tel (11)  2613-7730 / 2307-0412 - 3151-2343​

Whatsapp (11) 94715-4335

© 2013 Agulhas da fertilidade. Todos os direitos reservados. Autorizado a publicação parcial do site desde que contenha a citação.

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon